Terça-feira, 10 de Maio de 2011

I do not know what I feel §:

 

Agora enquanto escrevo existe gente a apaixonar-se, gente a encontrar-se e a olhar-se tentando descobrir no outro aquilo que falta em si, gente com esperança de encontrar alguém e que possa ser feliz. Enquanto escrevo existe gente a discutir, a gritar, gente que viveu tudo o que tinha para viver ao lado do outro, gente que viu um amor viver alegrias e tristezas mas que acabou, pessoas que se humilharam, gente que estava a sofrer uma dor de uma separação, gente com o coração partido e que tenta colocar os pedacinhos todos juntos, gente com medo do futuro, medo de se perder, medo de voltar a amar, gente com medo de ficar solitária. Enquanto estou a escrever existe gente a viver na alegria por causa do amor, a dormir abraçadas, a fazer carícias enquanto outros sofrem choram gritam por o passado que não passou e por um amor que se quebrou, neste preciso momento enquanto escrevo existe gente solitária a sofrer gente a olhar pela janela e a sonhar um dia melhor e não mais um igual ao desespero dos outros dias, gente á espera de alguém que mude sua vida. Alguém por quem valha a pena deixar a segurança da solidão. Gente sonhando, gente chorando, gente a beber nas mesas de um bar. Gente á espera de ser consolada e restaurada pelo amor. Gente á espera de um novo amor que possa ser feliz e ser consumida por ele. Neste momento existe gente a pensar se vale a pena lutar por um amor que morreu na praia. Existe gente a olhar as fotos, a recordar momentos em que foram felizes por amar. Gente com saudade do olhar, do tocar dos beijos dos abraços do outro, gente com vontade de voltar atrás no tempo para reviver tudo de novo. De certeza que existe gente a pensar como eu, a tentar refazer uma vida, a esquecer uma pessoa com quem foi feliz, mesmo que não seja aquele amor, mas sim a amizade, ou talvez amor que sentia por ele. Em todo o mundo existe gente confusa por não saber qual o seu sentimento.

música: http://blogs.sapo.pt/update.bml?usejournal=caramelos#

publicado por Caramelos às 21:44
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sábado, 7 de Maio de 2011

Sinto-me sem Sentir $:

 Sinto como se tudo se tivesse partido, que até o meu coração se partiu, que já não nada é igual os dias que não eram dias pois estavas comigo e o tempo passava muito rápido, agora os dias parecem inacabáveis, sinto-me como se perdesse a minha vida, sinto que o mundo desabou e a infelicidade tornou a reinar, sinto-me sem forças para lutar e correr até ti, quando corro tropeço no caminho, e arrependo-me pelo que lutei, quando ouço o teu nome tento fingir que não sei quem é, mas magoa, passar em locais onde fomos felizes e passar sem pensar o que se passou, é impossível, perdi todas as forças que tinha, deste-me falsas esperanças fizeste com que eu ficasse mais uma vez desiludida. 

Queria estar contigo, mas é impossível, contigo sofro sem ti desespero $:


publicado por Caramelos às 10:50
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 6 de Maio de 2011

Fazes Parte De Mim <3

Parece que já nada faz sentido, como que uma nuvem negra chega-se e que não consigo empurra-la para longe, desde que foste embora que tudo mudou, tudo ficou sem cor, sabes o quanto me significavas, sabias que iria ser difícil para os dois se um de nós desaparece-se, esta dor que me dói e que não tem cura sem ti é como o deserto, esta vida que agora já não vivo. Quando falo estou calada, quando estou calada então ando, quando ando estou parada, quando durmo estou acordada, quando acordo penso que o pesadelo acabou, quando te chamo não me respondes, quando choro então rio, quando me queimo então está frio, quando apareço estou escondida, quando espero que voltes desespero. Não sei o que digo e nem sei se acerto mas sei que quando já não se aguenta a saudade limitamo-nos a chorar, onde estou sei que não posso continuar, preciso daquele beijo que me davas na face, preciso daquele sorriso que me fazia rir, preciso daquelas palavras carinhosas que só tu sabias dizer. Agora sem querer é mais que bem-querer, é andar solitária mesmo tendo mil e uma pessoas comigo é estar triste por não saber encontrar-te.

Escrevo teu nome na areia mas as ondas apagaram em seguida tornei a escrever mas veio a maré cheia e de novo o vi desaparecer, mas teu nome não se apagará nem se vai tornar pó tu serás eterno, teu nome no céu escrevo para sempre olhar porque sei que nunca irá ser apagado e nunca será levado para terras longínquas onde eu não te possa encontrar.
Sem nada poder fazer demos então o último beijo, o último abraço, o último adeus não esqueço as palavras, as últimas palavras, perguntaste-me se estava triste mesmo estando a sorri, respondi que não, para não te magoar mas sabias bem que mesmo estando a sorrir eu queria chorar, foi inevitável deixar escorrer uma lágrima apertaste-me a mão e prometeste-me não me esquecer, os nosso rostos estavam tristes, foi aí que fechei os olhos e tu partis-te.
Agora vivemos de memórias e recordações, tudo que passamos juntos, procuro-te mas não te encontro, chamo-te mas não me respondes, voltei aos nossos sítios mas não te vejo, vou até perto de tua casa mas não te alcanço, penso nos nossos momentos quando riamos até chorar, as vezes que jogamos baskett juntos, as horas que estivemos abraçados sem nos largarmos, o que fizemos juntos, as vezes em que me apoias-te, as vezes que seguras-te e limpas-te as minhas lágrimas, as noites que passamos juntos, as vezes que caímos juntos, as tardes em que passávamos ao sol e por vezes as noites com a luz das estrelas e da lua, sei que estás sempre comigo, mas em pensamento. Nada fazia prever que tu fosses embora, achei estranho tocares e dedicares-me aquela música, foi tão complicado perceber. Sinto-me sem sentir, o mal que me consome o bem que me entretêm, ando sem me mover, falo mesmo estando calada, choro no mesmo momento que rio ao relembrar os nossos momentos estou perdida como se um deserto se trata-se, sem ti o tempo não passa, um dia parece anos, sem ti Meio dia é noite escura contigo meia noite é sol brilhante, é querer estar contigo mas estar atada é um suicídio sem armas é não conseguir falar sem ser muda. É sofrer e arrancarem-me mil e um gritos de saudade, vivo num monte obscuro e frio, os meus olhos choram de saudade, ainda existe esta cruel distância mas mesmo distantes que um por o outro vivemos, ainda te adoro, por ti vivo, só por ti respiro.
Quando não te encontro mais te procuro, assim tento passar, assim continuo a tentar existir.
->Quero-te de volta, preciso de ti! André Gouveia (Dréé) ღ

publicado por Caramelos às 17:35
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 19 de Março de 2011

Irmã

 

Significas Muito Irmã q:

 

 Tu és mais que uma pessoa vulgar, tens algo de mais importante que o resto do people, ter-te é uma das melhores coisas que já me aconteceu!

Sabes quando preciso de consolo, tentas que não faça asneiras, consegues controlar-me, consegues acalmar-me.

Sabes que não umas simples palavras que vão descrever o quanto eu te admiro o quanto significas na minha vida.

Sempre que estou no fundo do poço és tu que me dá a mão, és tu que me chamas e me põe em cima, no dia em que mais precisei não tinha quase ninguém, mas tu sozinha conseguiste, vales muito mais que o que podes pensar.

Esse teu sorriso vale mais que biliões de palavras, a mais simples palavra serve para me por a sorrir.

Não é por acaso que és minha irmã, sei que posso contar contigo!

Sei que nunca me vais abandonar, sei que nunca me vais deixar para traz.

Aconteça o que acontecer eu amar-te-ei para u resto da minha vida!

Uma amizade de anos? A nossa só tem 2 mas foram sinceros, sem chatices sem implicações.

Se um dia eu cair sei que vais estar lá, se um dia eu chorar vais estar cá para me acarinhar.

Para sempre vou Amar te!

Obrigada por todos os dias estares comigo e nunca me teres abandonado!

 

 

 

 

 

 

 


publicado por Caramelos às 15:10
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. I do not know what I feel...

. Sinto-me sem Sentir $:

. Fazes Parte De Mim <3

. Irmã

.arquivos

. Maio 2011

. Março 2011

blogs SAPO

.subscrever feeds